Lombalgia crônica, lombalgia aguda, dorsalgia, dor ciática e artrose são as manifestações de sintomas mais comuns relacionadas à dor nas costas.

 

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a dor nas costas é um sintoma citado por mais de 80% da população em algum momento da vida, e dessa população mais de 90% irão repetir os episódios de dores.

 

Os dados da OMS servem para alertar que quem tem ou já teve dor nas costas às chances de se repetir são grandes.

 

A coluna vertebral tem a função de sustentar e facilitar o movimento do corpo, suportando peso e enormes tensões durante todo o dia. As principais causas de dores nas costas são a má postura, carregar peso, inclinar o corpo pra frente repetidamente, desconhecimento da ergonomia, ficar muitas horas sentado, além dos traumas sofridos na região da coluna.

 

Os sintomas das dores nas costas são os mais variados possíveis como rigidez na coluna, dor persistente aguda ou crônica, formigamento nos braços ou pernas, queimação nas mãos ou pés, dormência nos braços ou pernas.

 

A palavra chave para o tratamento e prevenção das dores nas costas é educação, segundo Robin Mckenzie criador da técnica de avaliação e autotratamento chamada Método Mckenzie. O Método Mckenzie, um sistema de Diagnóstico e Terapia Mecânica é baseada na educação sobre as causas, educação sobre exercício e postura e, é claro, educação sobre prevenção.

 

O Método Mckenzie demonstra que sintomas de dor nas costas são reversíveis em mais de 65% dos casos, sendo abolidos em poucas sessões. Dor nas costas é mais comum do que imaginamos e mais fácil de tratar do que pensamos desde que, exista um diagnóstico mecânico adequado e um tratamento correto.


Deixe seu recado:

Curta e Interaja

Entre em Contato

(19) 3308-6330

(19) 3212-1140

Segunda à Sexta das 8h às 18h.

Solicitação de Agendamento

Agende uma avaliao!